Há um tempo atrás comprei um pisca-pisca de 20 lâmpadas como esse, no Aliexpress, que chamam de fairy lights. Ele ficava enfeitando a cabeceira da minha cama, mas resolvi dar uma nova utilidade: fiz uma luminária!

E como estou oficialmente trabalhando de home office, porque não enfeitar minha mesa com algo que me lembre o que me deixa feliz?! E foi por isso que fiz uma luminária-mascote, a minha casinha, logo do blog!
Se você se inspirou e também quer fazer uma letra ou um símbolo, vamos ao material:

– molde do tamanho que quiser;
– papel paraná;
– cola branca;
– cola quente;
– fita crepe;
– tinta;
– tesoura / estilete;
– chave de fenda;
– pisca-pisca

Como faz?

Bom, é só marcar seu molde no papel paraná. Eu uso um com gramatura média (desculpe, não lembro agora qual, mas, se ajuda, é um que custa, em torno de, R$5, na Casa Cruz, aqui no Rio. O mais grosso é o dobro, o mais fino, metade. Então dá pra saber.) Corta com estilete, porque a tesoura machuca a mão, nessa gramatura. 
Faça duas vezes, uma para o fundo, outra para a tampa. Fure a parte do fundo, onde vai passar o fio.
Depois de cortados, separe suas laterais. Eu fiz com medida de 4cm, que me deu boa estabilidade. Mas vai depender do tamanho total da sua peça.
Daí é só colar todas no fundo. Eu prendo com fita crepe e depois passo a cola. Pra ter certeza de que está no lugar certo e pra ter certeza de que vai ficar bem preso. Uso a extra forte da Cascorez, porque sinto que pega mais rápido que a cola comum. Espere secar.
Como eu queria um contorno na parte de cima, fiz o seguinte, pra facilitar: cortei algumas tiras de papel paraná, com 2,5cm e fui colando na parte de dentro. Isso serviu de cama para a tampa e não me deu trabalho para medir onde deveria passar a cola.

Agora vamos à tampa. É só pegar a chave de fenda e ir furando as suas marcações, num tamanho que entre a luzinha. Parece simples, até que você começa a não conseguir perfurar o papel! Eu uso uma base feita de varias camadas de EVA, que facilita muito a chave passar e não enverga o papel (como acontece apoiando nos dedos). Outro detalhe: se sua peça tiver pontas, como a minha, cuidado! O paraná, quando cortado fino, rasga muito fácil. O meu mesmo, rasgou a pontinha. Mas eu colei e está tudo certo. 
Tudo furado e colado, hora de pintar. Pode ser spray ou tinta acrílica com pincel. Tanto faz. Só não precisa pintar dentro, porque vai ficar escondido.
Espere secar, de preferência, de um dia para o outro, porque esse papel absorve muita humidade, então dá tempo de voltar pro lugar.

Agora é prender seu pisca-pisca. Depois de tudo encaixado, passe cola quente para não sair do lugar. Então é só colocar a tampa no lugar! Eu nem colei, não precisou.

Quando for comprar, se certifique de que ele é LED. Os normais esquentam e como aqui é papel, pode ser um risco desnecessário. Além disso, os de LED duram mais tempo. O meu pisca era assim, de pilha, então eu prendi a caixa na parte de trás, com cola quente, e ela pode ir pra qualquer lugar! 🙂

Disqus

casadocecasa

Wordpress

3 respostas para “DIY: Luminária-mascote casa”

  1. Olá Ana! Achei uma graça a sua luminária nova. Espero que ela te faça muito feliz no seu novo cantinho de trabalho e que te traga muita sorte. Aiii o papel paraná me lembra muito a época da minha faculdade de design, que tinha que fazer vários projetos com ele (por ser mais barato, mas preferia o papel pluma)… Desde então nunca mais usei!!! Hahaha Trauma!

    Beijooos! Thamyrez

    • hahaha Bom, eu sempre tenho em casa, porque volta e meia resolvo fazer encadernação. Mas entendo seu trauma. Ele é muito chato de trabalhar! Já entrei 3x na papelaria pra comprar papel pluma e o foam board me desanimo com os preços. Como nunca usei, fico com receio de não gostar e ter gasto a toa. Você acha que conseguiria fazer esse mesmo projeto em papel pluma? Furado e tudo mais?

      beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *