Ao longo da vida desenvolvi algumas habilidades e, hoje, não entro num salão de beleza para absolutamente nada. Por isso, outro dia, resolvi fazer as contas de quanto eu economizo.

Quase caí para trás!

E resolvi compartilhar com você. É que já li alguns outros blogs (de viagem, principalmente) dando dicas de economia, para conseguir encaixar aquela viagem dos sonhos, no orçamento. Vai que você está aí planejando uma e não sabe mais onde apertar? Vamos ver como ainda pode ser possível e você nem reparou?

Veja bem:
– Estou considerando os procedimentos básicos que EU faço, como se todos fossem feitos no salão. E os preços são aproximados, de estabelecimentos aqui do Rio de Janeiro, pelas regiões do Centro e Zona Norte (bairro onde moro).
– Mas, para alguns, não estou levando em conta as vezes em que faço. Por exemplo, depilação, conto a cada 15 dias, mas em casa, faço uma vez por semana, com aqueles aparelhinhos elétricos. Com cera, não precisaria dessa mesma frequência. Escova também. Seco os cabelos toda vez que lavo, o que daria 4 vezes por semana, não 1, como calculei. Mas se eu fosse, realmente, fazer no salão, faria apenas 1 mesmo.

R$6.132 daria, pelo menos, para as passagens, de uma viagem internacional! (Mas acredito que dê até para a hospedagem também.)

E olha que não contabilizei gastos com alisamento e tintura capilar, produtos caros para fazer manutenção em casa (tipo Kerastase, Senscience, Schwarzkopf…), maquiagens, perfumes e procedimentos e produtos para a pele. São muitos detalhes para “compor” a aparência ideal!

É claro que não estou pregando que as mulheres devam parar de se embelezar! Jamais! Se isso nos faz bem, temos mais é que fazer mesmo! Super apoio E pratico.

Mas eu sempre penso nisso, também como consumo. E reflito, antes, se preciso daquilo e/ou porquê vou pagar para alguém fazer algo que eu consigo fazer sozinha.

Partir do pressuposto de que essa pessoa vai fazer melhor que eu, nem sempre é verdade. Já sofri bastante nas mãos de cabeleireiros ruins e chorei depois. E quem nunca teve que tirar o esmalte 2 dias depois de ir à manicure, que atire o primeiro vidro de esmalte!

Ou então você pode dizer: “mas Ana, eu trabalho feito uma condenada, mereço esse agradinho! Uso o momento pra relaxar.”

Será que se você estivesse vivendo uma vida plena, feliz e realizada, ainda se importaria tanto com a imagem (montada) que vai mostrar pros outros? Felicidade reflete na pele, no cabelo, nos olhos! E posso dar uma dica? Relaxar é ainda mais eficiente quando fazemos, compartilhando bons momentos com pessoas queridas.

E mais: será mesmo que você precisa estar maquiada e com o cabelo escovado, todo santo dia? Quem você está tentando ser? Ou quem está tentando esconder?

Mais uma vez: acredito também que se faz bem para a auto-estima, tem que fazer, sim. Mas tem que pensar se caso você não estiver montada, como vai se sentir. Quer um exemplo real? Conheço uma mulher que anda com um espelhinho na mão 24h por dia e a cada 5min se olha, para checar se está tudo no lugar. Não, não estou exagerando. Também nunca a vi sem maquiagem. Será que ela tem problemas com a imagem?

Esse tipo de reflexão que devemos ter: qual a ordem de importância que damos ao espelho.

Então… já parou pra pensar no por quê você está deixando tanto dinheiro (e tempo) no salão?

| Imagem 1 |

Não deixe de curtir a página do blog no Facebook!

Disqus

casadocecasa

Wordpress

2 respostas para “Já pensou em quanto você gasta com sua aparência?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *