Quando comecei a estudar design, tinha mania de guardar panfletos, embalagens e tudo mais que pudesse ser inspiração visual. Quando fui pra faculdade e precisava inventar arte, literalmente, desenvolvi a mania de procurar o potencial dos objetos descartados: latas, caixas, papéis… Volta e meia me pego olhando uma caixa vazia e pensando no que ela poderia ser. Nem sempre faço, mas gosto do exercício de pensar sobre.

Lixo tem potencial. Dá pra fazer muita coisa com o que, teoricamente, já não tem mais utilidade. (Já falei deles, mas se você não conhece, recomendo dar uma passada no comtijolo e ver o tanto de coisa maravilhosa que eles reciclam e incorporam na decoração do apartamento. Até móvel eles já fizeram.)

E essa é a proposta do DIY Coletivo desse mês: reutilizar. 

É a primeira vez que participo e preciso dizer que eu fiz um projetinho beeeem simples e até meio “vou fazer o que der e pronto”. Na verdade eu só quis dar uma cara nova pra algo que já usava.

Uso uma caixa de Ferrero Rocher como um porta-treco, faz tempo. Adoro o material dela, a forma como fecha, ela é funcional e atende minha necessidade. Só que o rótulo não é um adesivo. É impresso direto e não sai de jeito nenhum! Já tentei de tudo. (Se você sabe como tira, me conta!)

E não poder tirar o rótulo não é o que iria me impedir de usá-la para organizar meu material. Maaaaas, claro que ter uma carinha bonita e que combina com a gente é sempre mais legal, né?

Por isso, outro dia, arrumando meus papéis, achei uns pedaços de Con-tact que cortei para encapar um caderno, mas nunca usei. Olhei pra eles, olhei pra caixa e deu o “plim!”, sabe? Medi mais ou menos e vi que daria, pelo menos, pra parte de cima.

 

 

 

Eu disse também que era super simples. Tiras de Con-tact e só!

Eu queria que as listras fossem até o final da lateral? Queria. Tinha papel suficiente? Não. E foi assim mesmo.

Mas no final das contas, eu adorei o resultado! É outra caixa. E o que importa é a ideia. Se o projeto é simples ou complexo, o que vale mesmo é a intenção e a reutilização de algo que iria ser destruído. Eu vi potencial em algo que iria para o lixo e trouxe para junto das minhas coisas. E agora ela poderia, facilmente, vir pra fora da gaveta enfeitar a mesa de trabalho. Não acha?

E você, tem alguma dica de upcycling? Me conta!

 

Não deixe de curtir a página do blog no Facebook!

Disqus

casadocecasa

Wordpress

8 respostas para “DIY Coletivo: caixa com potencial”

    • Obrigada, Livia! Também não entendo como tem quem jogue tudo fora. "Lixo" com um super potencial pra virar algo ainda mais legal. Uma pena. 🙁
      Adoro seu blog! Sempre passo lá (só não comento, desculpa, isso vai mudar!)

  1. Que lindo! Listras são sempre tão elegantes, e essa embalagem já é elegante por si só… e o resultado do seu projeto acabou ficando um luxo! Adorei!
    E claro, uma caixa dessa não precisa ficar numa gaveta, pode enfeitar uma mesa!

    beijos

  2. Oi Ana!!!
    É claro que pode enfeitar a mesa do trabalho. =) Está lindona, parece que foi comprada em uma loja. Eu amo cor, mas tenho uma queda por listras em preto e branco com dourado! Acho que fica muito luxo. É exatamente a cara do seu projeto, do lixo ao luxo!
    E as fotos? Amei!
    Bem, você estreou lindamente no DIY Coletivo, tenho certeza que irá inspirar muitas pessoas, começando por mim! =)
    Nunca tinha visto esse contact listrado…. Vou preocurar!
    Beijo grande! Thamyrez

    • Obrigada! Vou lá ver se já saiu!
      E não é listrado, não. Eu cortei tiras de preto e tiras de branco e colei bem direitinho uma do lado da outra.
      Amo preto, branco e dourado. No momento cismei com cobre também.
      Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *