Minha parede é exigente e não curtiu muito as imagens que pendurei nela. Por isso, fiz novas artes, agora combinando mais com as outras.

Mentira. Eu estava incomodada com a confusão de cores, frases e informações. Meus olhos clamam por menos”, não tem jeito.

Então, pra deixar meu canto um pouco mais estilosinho, ao invés de só imprimir novas imagens em preto e branco, fiz também uns quadrinhos! Isso mesmo, fiz. Eu digo que sempre tento fazer o que poderia comprar pronto. E foi com o material que tinha em casa: papel paraná. Eu sei que tem gente que detesta (eu também não curto muito), mas ele é barato, então sempre tenho por aqui aos montes.

E já que gostei do resultado, resolvi vir aqui mostrar o processo. Pode dizer que isso é um porta-retrato, não um quadro, porque quadros tem a lateral grossa… mas EU não ligo, porque era o que meu tempo / paciência / material me permitiam fazer.

obs. 1: Depois de usar o papel pluma, quero jogar o paraná na fogueira. Se você tem pluma, use, que fica muito melhor. Como é mais fácil de cortar, gente!

obs. 2: Só tem 1 pronto, de 3. Quando tiver tudo no lugar, eu mostro a parede completa.

Então, vamos?

MATERIAL:

 

*faltou a tinta e o verniz.  😀

 

#COMOFAZ:

– Pega seu papel e mede o total de espaço que você quer (o meu foi um A5). Então acrescenta meio centímetro pra cada lado.
– Precisa de 2 partes iguais.
– Em uma das partes, pega essa sobra e corta em baixo e nas laterais. Não é para jogar fora! Ela vira o miolinho que deixa uma área pra encaixar a imagem, saca? É a parte que dá distância entre o fundo e a moldura.

– O de cima fica sem, porque se fechar ali, não dá para enfiar o papel dentro. Né…
– Coladas as tiras no fundo, corta o meio da outra parte com o tamanho de borda que quiser, só lembra que o de baixo estará menor, então uma borda de 1cm, fica certinho do tamanho do espaço da sua foto. O indicado é fazer a partir de 1,5cm. Que foi a medida que eu usei.
– Cola por cima do fundo, acertando o meio e pronto. Agora é só pintar!
– Usei tinta acrílica preta. Como o paraná adora envergar com uma humidadezinha láááá longe, achei melhor passar um verniz por cima.
– Fica leve e dá pra prender na parede usando adesivo.
– Se quiser, pode cortar um acetato para servir de vidro.

 

 

 

Ficou curiosa com a palavra que escolhi pra essa composição?
Ela é do grego (que não está escrito em grego, mas ok) e não tem tradução em uma palavra única, para nenhuma outra lingua. Significa colocar parte de si, naquilo que se faz. Fazer algo com alma, criatividade e amor.  Lindo, né? Apaixonei.

 

Não deixe de curtir a página do blog no Facebook!

Disqus

casadocecasa

Wordpress

2 respostas para “DIY: Quadrinho”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *