*É bem possível que eu faça mais alguns posts como esse, tá bem? Então tá bem.*

No post passado falei que lá na mostra Morar Mais Por Menos tinha muito caixote de feira e até mostrei duas ideias. Achei muito legal o uso que deram, indo além das famosas estantes empilhadas e mesinhas de centro, que a gente tanto vê por aí. (Que eu acho ótimas, por sinal!)

Vou comentar três projetos, todos de alunos do Senac Rio, que estavam no espaço deles, cujo tema era sustentabilidade. Vou tentar falar um pouco do que eu ACHO que é o processo, mas não te garanto 100% de certeza porque não testei fazer, são só pitacos de uma pessoa curiosa. (Por isso o “inspiração DIY”, no título, ok?)
Vamos lá:

 

Prateleira para livros

 

Esse é o mais fácil dos 3 e o efeito das cordas fica muito interessante! É só marcar uma coluna de 4 furos (paralelos) na base e no topo da caixa, seguindo linhas (também paralelas) que você determina a distância. Usa uma furadeira pra fazer o trabalho e depois prende elásticos (do tipo roliço), com a ajuda de porcas, pra não correr o risco deles escaparem pelos buracos.
Prontinho, uma prateleira super fashion!

 

Estante

 

Eu devia ter tirado a foto de outro ângulo? Sim. Mas não pensei nisso na hora, então, mals aê… Mas dá pra ter uma ideia do projeto assim mesmo.

Primeira parte – Dois caixotes com dobradiças para por uma porta de acrílico.
Aqui tem dois detalhes:
1) sabemos que esses caixotes não são muito bem feitos, então aconselho tirar a medida certinha de cada um que você for usar, porque pode ter um lado maior que o outro, por exemplo. E só então mande cortar o acrílico. Não, não faço ideia de quanto custa uma placa dessas.
2) DIZEM, que dobradiças são chatinhas de prender. Nunca tentei, mas faz sentido, porque se ficar um pouquinho fora do lugar, entorta tudo. (Mas você sempre pode dizer que foi de propósito, pra parecer rústico…)

Segunda parte – Topo e base.
Me parecem duas placas de compensado, pintadas. O legal é que pode ficar do tamanho que você quiser / precisar.
Os pés podem ser do seu gosto. Altos assim, mais baixos, rodinhas… mas ponha pés, se sua intenção for dar uma cara de algo mais sofisticado ao móvel.
E eu prenderia uma peça na outra usando cola + parafuso. Não reparei se tinham, mas ao invés de só apoiar ou colar, EU também furaria e prenderia bem. Agora, se você é itinerante, talvez seja melhor deixar solto, pra desmontar mais fácil.

Terceira parte – prateleiras
Depois de medir a distância de tudo, é só comprar a peça do meio do tamanho certinho.
Tem as de dentro de cada caixote, que a ideia é a mesma, medir certinho.
E pra prender, pode usar cantoneiras pequenas, pra ficarem discretas.
(Pequeno detalhe: euzinha, com toc, só deixaria todas três na mesma direção…)

E nem achei tããão complexo assim. Só são muitas partes e medidas.

 

Cadeira / estante

 

Essa requer um estudo de ergonomia, na minha opinião. Porque as costas tem uma inclinação, para das conforto. Então, se quiser fazer, pesquise um pouco mais, aqui vão só dicas gerais:
– São dois caixotes deitados, virados com o fundo um para o outro. Ok.
– Embaixo tem a mesma base da estante, feita de compensado. Mas acho que precisa ser um mais grosso, mais resistente. Os pés, mais uma vez, vão do seu gosto.
– Em cima, a mesma placa usada para a parte de baixo.
– Aqui dá pra ver que foi colado mesmo. Como disse, EU prenderia com parafusos também.
– As costas são duas laterais de caixote, lado a lado. (É só olhar para a frente da cadeira.)
– Como falei antes, o apoio dela que é a parte mais complexa de imaginar. Acredito que sejam duas peças em formato triangular, pra dar a angulação necessária. (Quem quiser ajuda pra imaginar o formato ideal, deixa um comentário aqui que eu posso tentar pensar contigo!)

 

Então, o que achou dessas ideias? Se inspirou pra fazer alguma delas? Se fizer, me mostra!

* Me desculpem autores das obras. Eu devia ter anotado os nomes, para das os créditos, mas nem passou pela minha cabeça. Quem souber e quiser me dizer, eu adiciono a info aqui. 🙂

 

Não deixe de curtir a página do blog no Facebook!

Disqus

casadocecasa

Wordpress

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *