Só de ler essa frase já basta pra tirar aquela ideia da cabeça e por a mão na massa, não concorda? É aquela coisa: se você não tentar, nunca vai saber se dá certo! Então, vamos fazer um exercício?

1. Pega um papel. (Branco, pautado, colorido…)
2. Pensa aí em qualquer sonho que você tenha. Começar uma dieta, correr, aprender uma outra língua, viajar o mundo, abrir um negócio… Pensou?
3. Agora escreve no papel. E no presente! Por exemplo: “eu corro 10km.”
4. Pega esse papel, olha por uns segundinhos e repete pra você mesma o que está escrito. De preferência em voz alta.
5. Com calma, tenta descobrir do que depende a realização do sonho. E faça uma lista! Mas daquelas bem explicadinhas. (Pra correr preciso de: um lugar seguro, tempo, roupas novas, fone de ouvido…) Pensa em cada detalhe que vai te ajudar a conseguir!

Nesse ponto você vai perceber que depende muito mais de VOCÊ do que de qualquer outra coisa. Quer ver? Para ter roupas novas, tem que ter dinheiro, certo? Pra você conseguir dinheiro, é preciso trabalhar ou ganhar na Mega Sena. E só depende de você trabalhar mais ou passar na lotérica e jogar.

6. Isso nos leva ao planejamento. Ele é essencial! Tanto pra viajar o mundo (trabalhar por X meses pra juntar R$ X), quanto pra corrida (na primeira semana correr 1km, na segunda tentar 2km…).

Planejar significa estabelecer tarefas e prazos para cumpri-las.

7. E agora a parte mais difícil de todas: COMEÇAR! A gente tem um mecanismo de sabotagem que faz protelar algo em que temos medo de fracassar. Então, vença seu monstrinho interno e dê o primeiro passo.
8. Não se abata com as pequenas derrotas. Use-as para ajustar seus planos. Muitas vezes achamos que não conseguimos fazer algo e desistimos porque não ficou perfeito. Me permita usar outra frase clichê: antes feito que perfeito. A perfeição conquistamos com a prática. E como você quer conseguir isso, desistindo logo de cara?! Continue que com o tempo só melhora.
9. Não dê ouvidos aos que dizem que: “não vai dar certo”, “você é louca”, “já viu alguém tentando e dando errado”. Pessoas são cruéis e adoram por as outras que tentam, para baixo. Cerque-se daquelas que embarcam na sua “loucura” e inclusive te ajudam. Peça opinião de quem você confia, converse, troque ideias… é maravilhoso ouvir quem está vendo de fora da situação.
10. Faça um diário e anote tudo! Tenha um caderninho ou até um blog onde você escreve o que deu certo, o que não deu, ideias para melhorar… lá na frente, você vai se surpreender com o tanto que evoluiu. (Funciona mais ou menos como quem faz dieta: você vê a pessoa todo dia e não nota que ela emagreceu um pouco, mas quem a encontra depois de um tempão, se espanta!)

Já já eu vou explicar porque resolvi escrever esse post. Pra ser sincera, estou louca pra contar!
Não vou dizer que sou perfeita e já fiz tudo que escrevi, mas, por exemplo, já desisti e retomei uma ideia. E agora ela pode até não estar 100%, mas eu estou fazendo algo para que dê certo.

E você deve estar pensando que foi um post bobo, que tudo que eu disse é batido e todo mundo sabe… se você é dessas, me conta aqui nos comentários quais os sonhos que você já colocou em prática, seguiu e conseguiu sucesso! Vou amar ler histórias boas de quem fez acontecer.
🙂

 

Não deixe de curtir a página do blog no Facebook!

Disqus

casadocecasa

Wordpress

7 respostas para “Como colocar seus sonhos em prática (em 9 passos)”

  1. Ana,
    Não é um post bobo, não!
    Longe disso! Ésim os texto daqueles que muita gente já sabe, mas que precisa ouvir (ou ler) de alguém que está vivendo isso, pra talvez sair da zona de conforto e começar.
    Vc resumiu, exemplificou e inspirou lindamente,
    🙂

  2. Oi Ana!!!
    Amei as suas dicas! Também sou adepta das listas e de escrever as coisas que quero construir. E acho isso ótimo, principalmente quando vejo essas anotações no futuro e vejo que realizei bastante coisas que um dia planejei!!!
    Ótimo post, Ana! E é muito bom saber que um post assim tão inspirador, é para anunciar algo que vem por aí! Tô curiosa!!!
    Beijos! Thamyrez

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *