Oi! Tudo bem por aí?Esse post estava pronto, mas foi editado porque preciso conversar com você…

Todos os posts, de maio até hoje, estavam preparado desde o início de abril. Eu sempre procuro adiantar tudo, com pelo menos um mês de antecedência, pra não deixar buracos (e ainda assim, as vezes não dá certo). Faço isso porque sou organizada e preocupada em fazer o meu melhor trabalho aqui no blog. Amo escrever e produzir os projetos.

Porém, desde o início do mês minha vida ficou bastante confusa. Virei cozinheira, faxineira, enfermeira, psicóloga… toda a responsabilidade da casa e de duas pessoas acamadas, no momento, está comigo. Além disso, meu namorado acabou de sofrer uma perda irreparável e está precisando daquele apoio moral, sabe?

Eu sei que NADA deve justificar não fazer um trabalho com o qual a gente se comprometeu. Eu me comprometi com o blog e apesar dele não me dar nenhum retorno financeiro, é o trabalho que tem me motivado a levantar da cama toda manhã. Mantendo sempre em mente que um dia ele VAI SER meu trabalho real. Levo tanto a sério isso aqui, porque é o que eu quero fazer de verdade, de coração!

Só que no pouco tempo que tem me sobrado pra pensar nas minhas coisas, eu me sinto completamente esgotada e sem forças pra focar em produção de projetos, textos, gravar e editar vídeo, coordenar a divulgação… Inclusive, tenho ficado ainda mais frustrada exatamente por não estar conseguindo fazer as minhas coisas! Entende minha situação?! Eu estava com vários planos pra por em prática e acabaram ficando todos suspensos. É angustiante!

Eu adiei falar qualquer coisa a respeito disso tudo porque minha ideia é, pelo menos, voltar ao esquema antigo de fazer “sob demanda”, quer dizer, correr e criar tudo um, dois dias antes de por no ar. Bom, ainda vou tentar fazer dessa forma e ver se não deixo nenhum buraco, mas preciso dizer que não prometo nada. Eu vou TENTAR com todas as forças que ainda restam e, já de antemão, peço desculpas se o conteúdo ficar meia boca. Mas te prometo que vai passar rápido e logo logo tudo volta ao normal, ok?!

O diy dessa semana está encaminhado, mas ele vai voltar a ser em foto, sem vídeo no youtube. Talvez os próximos também, ainda não sei. Mas é melhor em foto que não ter, certo?! Certo.

Agora, olha que curioso: calhou que o tema do calendário do mês serviu perfeitamente como reflexão pra mim mesma! Tudo tem sido um grande aprendizado. Inclusive essa situação em relação ao próprio trabalho com o blog.

E quer outra coincidência?! Como disse, o wallpaper já está pronto faz tempo… e semana passada eu ganhei dois passarinhos de origami numa sala de espera. Contei a história na foto, lá no Instagram. Doido né?!

[Agora, mesmo sem ter certeza se ainda faz algum sentido, vou deixar o texto inicial desse post.]

***

Gente, já é meio do ano!!! E aí eu te pergunto: o que você aprendeu até aqui? É hora de pensar por uns instantes sobre o que você queria fazer esse ano, o que já realizou e o que ainda precisa ser feito. Pensar um pouco na trajetória, tirar boas lições dos erros e acertar o ponteiro da bússola do coração… 😉

Então o papel de parede (que é o meu preferido até agora!) pra inspirar e enfeitar seu computador vem lembrar exatamente disso: siga aprendendo, sempre! É tão importante na nossa vida e evolução!

 

Pra baixar, é só escolher um tamanho, e clicar no número, aí você paga com um tweet e faz o download na hora.

E se quiser um planejador anual, mensal e um diário, pra organizar a vida e produzir mais, se inscreve na  newsletter do blog pra receber direto no seu email (eles servem pra qualquer mês e ano).Um beijo.

Disqus

casadocecasa

Wordpress

2 respostas para “Siga aprendendo, sempre – download do calendário de junho”

  1. A vida volta e meia vira tudo de cabeça para baixo, muda nossos planos…. mas eu acredito que o propósito da vida é esse mesmo: nos ensinar algo. Por isso que toda vez que as coisas não estão indo muito bem, eu me pergunto: o que tenho para aprender com isso? O que eu tenho que melhorar? E também sempre penso: isso passa. Porque tudo passa.
    Força aí!
    Beijos!!

    • Verdade. A gente sempre pode buscar aprender e crescer com as experiências pelas quais passamos. Eu estou tentando ter sempre o pensamento positivo, no meio disso tudo e tentando tirar minhas conclusões sobre o por quê. Obrigada pelo comentário, Ju.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *