Me empolguei pensando em um projeto usando cimento e acabei fazendo 4! O primeiro é bem fácil. E vou te contar uma coisa, depois que defini o que faria, foi um ótimo exercício ficar olhando para as coisas imaginando se daria uma boa base pro porta-foto: potes de iogurte, copo descartável, forma de gelo… existe uma infinidade de formatos por aí! E é ótimo reutilizar materiais que iam direto pro lixo! Eu usei uma caixa de pasta de dentes, por ser quadradinha, mas descubra o que mais te agrada, ou pegue todos e vá testando, até porque, talvez o seu primeiro não dê certo. Quando comecei, tive que fazer alguns até achar a textura certa pra não rachar. Mas chega de papo e vamos à mão na massa:

 

 

Material:

– cimento, um pote pra fazer a mistura e algo para mexer
– água
– caixa de pasta de dentes (lápis, régua e estilete para  cortar)
– 50cm de arame (eu usei de fio 20)
– alicate
– fita larga
– rolo de fita pequena ou pote de tinta
– 2 pregadores

 

Passo a passo:

– Primeiro abri a caixa e medi uma altura de 5cm. Cortei e virei o lado plastificado pra dentro, pra dar um acabamento mais liso no cimento.
– Esse molde precisa ser encapado com fita adesiva, pra não correr o risco de vazar massa.
– Fiz o teste também com um potinho de iogurte, pra você ver que dá pra buscar a solução em vários lugares.

 

 

– Pra dobrar o arame eu fiz o círculo com a ajuda de um rolo de fita adesiva pequena e o outro com um vidrinho de tinta. Peguei no meio do arame e parti dali, dando duas voltas ao redor da base e finalizei dobrando para juntar as pontas. (Como sobrou bastante, fiz tipo uma “base”, retorcendo o arame, pra ficar mais fixo dentro do bloco de cimento.)

 

 

– Pra preparar a massa, dou as dicas aqui embaixo. Mas vou te confessar que eu mesma não segui a medida e fiz com 1 parte de areia pra 1 de cimento, por motivos de: estava tudo acabando e não dava pra fazer mais. (“mas Ana, você não deveria ter o material pro projeto?!” Eu jurava que daria pra fazer tudo, mas me equivoquei. Acontece.) Mas ficou melhor que a “receita” original.
– Agora é só despejar no recipiente e enfiar o arame dobrado. Não enchi até a boca, deixei 1cm sobrando.
– Usei um pregador pra segurar no lugar.

 

– Dê algumas batidinhas com ele na mesa pras bolhas sairem e arrume novamente no lugar.

 

– Deixe secar por 24h.
-Depois de seco, pode seguir a dica aqui de baixo ou pode pintar direto, caso queira.
– Capriche na foto!

Minha experiência e dicas sobre o cimento:

Ao longo do processo eu fui descobrindo vários detalhes que faziam toda a diferença. E vou compartilhar agora com você.

 

– Veja se o seu cimento é massa pronta, caso seja, ele já vem com areia adicionada, se for puro, você até pode fazer sem a areia, mas saiba que vai ficar um pouco frágil. A mistura da massa pronta é na proporção de 1 parte de água pra 5 de cimento. Se for separado, é 1 de cimento, 4 de areia e 1 de água. O que faz a estrutura é a areia, o cimento só liga e a deixa resistente. Por isso a proporção é de 4:1.

 

– Porém, como eu disse, não tinha suficiente. E eu achei que fazendo 1parte de areia e 1 de cimento ficou bom. Deu pra lixar sem ele ficar áspero, como acontece na outra medida. Então, se você for fazer algo que não vai sofrer impacto, pode usar essa proporção sem problemas (só que rende menos). Fica com uma textura mais aveludada.

 

– Peneire sua areia ou compre a mais fininha que tiver na loja. Existem vários tipos.

 

– Se for usar um pote de plástico e quiser preservar pra usar outras vezes, passe uma camada de vaselina pra ajudar a desmoldar. Caso não use, pode ter que cortar o plástico pra conseguir tirar. Mas é uma camada fina, senão ela escorre e acumula no fundo, causando um buraco na peça.

 

– Aconselho ir colocando a água aos poucos. Misture bem e veja se precisa de mais. A consistência da massa deve ser firme, (separa quando passa uma espátula no meio). Se seu cimento estiver muito duro ou muito mole, ele pode rachar ou quebrar depois de seco.

 

Quanto mais água na massa, mais frágil fica a peça pronta!

 

– A secagem é de, geralmente, 8h, mas eu deixo sempre 24h, por medo de estar mole dentro.

– A ideia aqui é a mesma dos ladrilhos hidráulicos que iniciam a cura submersos em água por algumas horas (daí vem o nome deles) e depois passam mais de 30 dias descansando para terminar de desenvolver a resistência.

– O que eu fazia com os meus vasos era o seguinte: depois de 24h, tirava do molde com cuidado, porque ainda estava fresco, apesar de seco, e colocava direto em um balde cheio de água e deixava lá por mais 24h.

– Depois de tirar da água, espere secar completamente para então passar a tinta, caso queira.

 

 

 

 

Disqus

casadocecasa

Wordpress

2 respostas para “DIY: porta-foto de mesa em concreto”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *