Veja bem, não sou, nem de longe, profissional e expert no assunto, mas como esses dias precisei pesquisar bastante pra fazer uns projetinhos maiores (vou te mostrar tudo, em breve!), decidi dividir com você tudo que aprendi e testei. Vai que está precisando de alguma dica sobre madeira, né?! Vamos lá, vou fazer uma lista de materiais, pra ficar mais fácil, mas…

 

Primeiramente

O acabamento da madeira começa na lixa. E uma prática que vai deixar sua madeira beeeeem lisinha é usar várias lixas. Começa com a 50 e vai subindo: 50, 100, 180, 220, 320. Uma vai tirando os arranhados da outra e no final sua madeira está totalmente lisa. Qualquer produto que escolha pra finalizar, vai ficar muito melhor!

Óleo mineral

Na verdade, tudo começou quando eu vi um post no Pinterest onde a pessoa finalizava uma lâmina de tora de madeira com óleo mineral. Fiquei intrigada com isso e acabou que descobri que é a melhor forma de proteger madeira de cozinha!

O óleo mineral, quando entra em contato com o ar, endurece. Assim forma uma camada protetora, tipo uma película plástica. Junto com a cera de abelha (a de uso cosmético é ainda melhor), você faz uma cera natural e barata para suas tábuas de corte e colheres.

Você compra na farmácia um vidrinho de 100ml por R$9. Como ele é para uso interno, significa que não é tóxico. Aplica passando com um pano embebido ou uma boneca.

Espalha uma camada generosa e espera 30min para absorver. Aplica a segunda camada e deixa de um dia pro outro. E assim vai fazendo até a madeira começar a rejeitar o óleo, porque já absorveu suficiente. Pode levar até 4 camadas.

 

Óleo de linhaça

É bastante usado para proteção de madeira, mas por ser amarelado, sua madeira também vai ficar amarelada. Inclusive, dizem que com o tempo fica ainda mais intenso. Eu gosto de tons mais rosados, então nem me animo de testar esse, tendo a opção do mineral que é transparente.

Outra característica é não ser puro. O que encontramos para artesanato pode ter componentes tóxicos, por isso só recomendo pra madeira que não é de uso culinário.

Para aplicar é ainda mais demorado: dilui em aguarrás ou terebentina na proporção de 1:1 e aplica com um pano macio ou escova de aço com movimentos fortes e deixando a madeira sempre bem úmida. Espera 20min e passa um pano ou papel absorvente como se estivesse lustrando. Daí espera 7 dias para a segunda demão!

Antes de começar, passa novamente o pano limpo ou a escova de aço e depois aplica o óleo como na primeira e aguarda mais 7 dias. A partir da terceira demão é na proporção de 3 partes de óleo pra 1 de solvente até você achar que a cor está boa. A última demão é de óleo puro e você vai precisar esperar 30 dias para curar e só então poder passar uma cera.

 

Outros óleos

Já vi indicação de usar óleo de coco, mas não testei. Dizem que é uma boa opção pra culinária porque ele ainda tem propriedades bactericidas. Mas azeite, óleo canola, girassol e soja, jamais! Quando entram em contato com o ar eles ficam rançosos (não polimerizam). Então vão deixar a tábua com aspecto “engordurado” e obviamente não vão proteger a madeira da umidade.

 

Cera

Existem várias ceras no mercado e eu nunca usei nenhuma. A única que posso falar é da receita que falei lá em cima: 100ml de óleo para 20g de cera de abelha. Tem quem adicione um tiquinho de cera de carnaúba (2% do total de ingredientes), mas dá pra ficar sem.

No primeiro mês passe uma vez por semana e depois uma vez por mês, pra manutenção.

Ao contrário do óleo, quanto mais grossa a camada de cera, pior fica! Passe um pouco e espalhe bem, depois que toda a madeira foi coberta, deixe descansar por 15 min e vá aplicando até ela rejeitar (não absorver mais). Então, deixe descansar de um dia pro outro e lustre com um pano seco, macio e limpo.

 

Goma laca indiana

Ela também fica amarelada, mas deixa um brilho bonito. Ela forma uma base que adere melhor a cera e protege mais.

Faz assim: a primeira camada é de selador e é diluída em uma proporção de 120g pra 1 litro de álcool absoluto. Aplique uma boa quantidade com uma boneca (um amarradinho de pano macio com algodão dentro). Espere entre 1 e 2h e lixe, levemente, com lixa 220 ou maior. (Lixar a madeira com a goma laca ainda úmida preenche os poros e dá um acabamento mais uniforme.) Aguarde mais umas 2h pra aplicar a segunda demão que vai ser mais leve que a primeira, mas usando a mesma mistura. Depois de 2h, lixe e então aguarde 24h para a 3ª camada que vai ser na proporção de 360g pra 1l de álcool absoluto. Se já estiver do seu agrado, depois de 24h pode aplicar uma cera.

Tem uma goma laca incolor e uma que é solúvel em água que eu estou querendo comprar e testar.

 

Verniz copal

O tio da Leroy me disse que todos os outros vernizes de madeira, quando vem escrito “natural”, são amarelados e o único transparente mesmo é esse. Eu acreditei e comprei, mas usei numa madeira escura.

Fiz o teste em um pinus e realmente pareceu ser transparente… Só que sabe aquele escorrido que fica na lata, quando a gente limpa o pincel sem muito cuidado? Então, ele ficou amarelado com o tempo, então não sei se é uma boa opção… (clica aqui pra ver a foto da minha lata!) Outra péssima característica é não ter fosco ou acetinado.

 

Stain

Recentemente eu descobri que o que realmente queria pras minhas madeiras todas, era o stain! Ele protege como um verniz mas deixa um brilho acetinado, lindo, e não fica amarelo.

 

Verniz spray

De madeira: mesma coisa dos de lata. O natural não só é amarelado, como depois de um tempo fica mais acentuado e eu achei uma cor horrorosa!

Uso geral: ainda em teste. Ele é indicado pra vários materiais e tem brilho e fosco. Não sei como fica depois de um tempo, mas estou torcendo para que não amarele.

 

Verniz acrílico

Esse de artesanato mais comum é um dos meus preferidos por ser barato e atender à necessidade básica de proteger superfícies sem amarelar (mas não uso em móveis). Eu aplico com um pincel e depois passo um rolinho pra tirar as marcas das cerdas e sempre fica um bom acabamento.

Quando quero acetinado uso as duas primeiras demãos do brilhoso e a última do fosco. Eu gosto.

 

O post ficou enorme, mas eu quis colocar o máximo de informação que consegui, pra ser realmente útil. Se você conhece outras dicas e materiais que eu não falei, conta pra gente aqui nos comentários! Conhecimento é pra ser compartilhado. 🙂

Disqus

casadocecasa

Wordpress

2 respostas para “Você sabe como dar acabamento em madeira?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *